quinta-feira, 25 de junho de 2009

Corrigindo provas

A parte menos interessante da atividade docente: estou corrigindo as provas. Aviso, de logo, aos meus alunos, também leitores deste blog, que as recebi ontem à noite, e comecei a correção agora. Estavam, até então, submetendo-se à correção gramatical (sim, leitores que não são alunos nem professores da Christus, lá as provas também são corrigidas por professores de português e os alunos perdem pontos pelos erros gramaticais cometidos!).
Fiz a correção de duas. As notas foram 4,5 e 7,0, respectivamente. Depois posto aqui a relação completa das notas (sem os nomes), para que cada um, que conhece a própria nota, compare-a com a dos demais colegas da mesma turma. Postarei, também, as questões, e o correspondente gabarito.

5 comentários:

otilia disse...

prof... que data aproximada saem as notas? ei prof, peça pra Lara corrigir as questoes com muito carinho!
tou ansiosa....

bjs e boas ferias

Feitosa Gonçalves disse...

Achei ótima a iniciativa da Faculdade de encaminhar as provas à análise prévia de um professor de português! Assim os alunos não podem reclamar dos pontos perdidos, já que é prática da casa!

Hugo de Brito Machado Segundo disse...

Os alunos reclamam do mesmo jeito, Feitosa, só que o professor pode usar a justiicativa de que a própria faculdade (e não ele) realiza o corte dos pontos em virtude dos erros gramaticais e ortográficos. Eles acham ruim, naturalmente, mas é algo feito em benefício exclusivo deles próprios. Algo como, já disse em post anterior, um spa que obriga os gordinhos a comer apenas salada... Eles acham ruim, mas, afinal, estão lá para quê? Só para gastar dinheiro?
abraço,

Otilia disse...

por falar nisso professor.. é um absurdo ne? descontarem ate na prova final.. aff! quando consigo tirar nota boa em tributario... ai perco 1,0 de portugues..(mas eu passei ne) que bom... professor, obrigada viu pelo semestre, foi um prazer ter aula com o senhor... assim que eu comprar o outro livro do senhor ( Processo Tributario) levo pro senhor dedica-lo viu!

Hugo de Brito Machado Segundo disse...

Será um prazer dedicar o livro para você, Otília.
abraço!

Ocorreu um erro neste gadget