quinta-feira, 28 de maio de 2009

Solidariedade

O Professor Ivo César Barreto de Carvalho, meu colega na Faculdade Christus, organizou entre os professores a coleta de diversos alimentos, roupas etc. para serem doados para as vítimas das enchentes no interior do Ceará.

Depois de um tempo, ele nos enviou, por e-mail, uma "prestação de contas", devidamente documentada. Abaixo a mensagem e as fotos que a acompanharam:

Caros amigos,
Venho prestar contas da doações recebidas por vcs e entregues diretamente no município de Itaiçaba, região do baixo Jaguaribe, q está totalmente alagada. A população carente perdeu, em sua grande maioria, suas casas e demais pertences. As pessoas moram em casas de parentes ou amigos e, em último caso, numa fábrica de cerâmica da cidade, local cedido pelo proprietário (q conheci na ocasião). Havia inúmeras barracas de lona improvisadas pela Prefeitura para abrigar as vítimas dessa enchentes em nosso Estado. Sem querer comparar tragédias (o que seria trágico pela própria natureza), mas lembrem-se das enchentes em Santa Catarina. Naquele momento, todo o Brasil ajudou (inclusive o Governo Federal, com abertura de conta na CEF e BB diretamente para ajudar àquelas vítimas) e houve grande repercussão na mídia, em geral. No nosso caso (das enchentes no Nordeste), pouco se vê de concreto por parte dos Governos, nenhuma conta bancária foi aberta por qualquer órgão ou instituição pública. MUITAS PROMESSAS E POUCA AÇÃO!!! VEJAM A REALIDADE!
Att.,
Ivo.

























3 comentários:

Cultura Jurídica disse...

Parabéns pelo seu nobre gesto Hugo, muito bom.

Estou te adicionando no blog da minha loja.

Mais uma vez Parabéns

Hugo de Brito Machado Segundo disse...

O gesto não foi meu, mas do Ivo. Eu só divulguei no blog.

Fuad Daher de Freitas Mendes disse...

Não poderíamos esperar atitude diferente do querido professor Me. Ivo César. Embora este Blog não seja de sua propriedade, certeza temos de que este espaço nos serve, também, para elogiar as reais "atitudes", das pessoas de "atitude".

Parabéns, querido professor Ivo!

Abraços!

Ocorreu um erro neste gadget