sexta-feira, 12 de setembro de 2008

O que são teorias?

Um dos autores de que mais gosto, no campo da filosofia contemporênea, é Karl Popper. Relendo-o, para esclarecer alguns pontos ainda nebulosos na tese que estou a elaborar, encontrei definição, que eu havia grifado mas não fichado, simples porém completa de teoria. Ei-la:
"As teorias são redes, lançadas para capturar aquilo que denominamos 'o mundo': para racionalizá-lo, explicá-lo, dominá-lo. Nossos esforços são no sentido de tornar as malhas da rede cada vez mais estreitas." (A lógica da pesquisa científica, 12. ed., tradução de LeônidaHegenberg e Octanny Silveira da Mota, São Paulo: Cultrix, 2006p. 61).
E não é assim mesmo? Os cientistas (inclusive os do Direito) estão constantemente a construir suas próprias redes, ou a procurar furos nas redes dos outros, seja para costurá-los, seja para afirmarem a imprestabilidade da rede e preconizarem a sua substituição por uma outra...

2 comentários:

Daniel Miranda disse...

Frase do dia do Charges.com:
"A ciência se compõe de erros que, por sua vez, são os passos até a verdade." (Júlio Verne)
Nada mais antidogmático, não?
Abraços.

Hugo de Brito Machado Segundo disse...

É mesmo, Daniel. A frase é, além de antidogmática, belíssima. Resume, de forma magistral, a natureza provisória e evolutiva do conhecimento em sua constante aproximação da verdade.

Ocorreu um erro neste gadget